Artesanato e Sustentabilidade

Artista do bambu, Itiberê de Andrade é também um artesão que acredita na sustentabilidade e na conservação do meio ambiente. Em seu ateliê ele fabrica instrumentos musicais ecológicos,

Algumas Definições de Arte e Artesanato

Arte e artesanato, expressão e reflexo da personalidade do artista. Arte - do latim, ars, artis, maneira de fazer uma coisa segundo as regras, habilidades. Ideal de beleza nas obras humanas.

A Arte de Ivan Artesão

Móveis com muito estilo e bom gosto, Ivan Artesão, capricha na qualidade e no acabamento, fazendo um artesanato refinado e de grande requinte, que se encaixa em qualquer ambiente.

Porta Incensos

Onde se encontra o limite entre a arte e o artesanato? É difícil explicar. Catia Sardou se supera a cada dia com seu trabalho, que não se limita a ser apenas uma mera peça de artesanato,

Manual de Curso de Fibra de Bananeira

Material bastante interessante para aqueles que estão querendo aprender uma nova técnica artesanal e desejam aumentar sua renda.

terça-feira, 28 de julho de 2015

O Comércio e as Moedas

Na antiguidade o homem começou a usar o escambo como forma de conseguir ter aquilo que ele não sabia produzir. Trocava-se tudo o que pudesse, se um tinha habilidade na agricultura, trocava-se trigo, verduras, ou o que produzi-se, com aquele que fosse habilidoso em outra área, como artesanato em couro, por exemplo.

O escambo foi uma das primeiras formas de comércio. Precisar uma data para o surgimento do comércio é praticamente impossível. Sabemos que os Fenícios foram os primeiros comerciantes de sucesso que surgiram. Do escambo até hoje o comércio evoluiu bastante, mas as formas de interação com o público, ainda é praticamente a mesma. Vale dizer, que os árabes ainda hoje são os melhores comerciantes do mundo. 


Com o passar do tempo a moeda surgiu como uma consequência natural deste processo de trocas, mais precisamente foram os chineses, no ano 1 100 a. C., que criaram as primeiras moedas, o que facilitou em muito a organização e o crescimento do comércio. Algum tempo depois a utilização das moedas se espalhou pela Europa. E foram os fenícios os responsáveis pela disseminação do uso das moedas por todo mediterrâneo.

Mas é a habilidade em comercializar, de lidar com o público, é o que garante o sucesso nas vendas. Aprender técnicas de vendas é a melhor forma de alavancar suas vendas e uma dessas técnicas passa pela simpatia no atendimento, uma das melhores formas de conquistar novos clientes.


sábado, 25 de julho de 2015

Comerciantes Descobrem o Brasil

Foi por causa do comércio que o Brasil foi descoberto.

Por acidente ou não, o que se diz é que Pedro Alvares Cabral, partiu de Portugal com a intenção de comercializar na Índia, mas parou no Brasil. Ele deveria abrir um entreposto comercial, para compra e venda, e trazer de volta as especiarias (diversos produtos de origem vegetal como flor, fruto, semente, casca, caule, raiz), de aroma ou sabor acentuados. 


Cabral era um chefe militar e foi designado para comandar uma frota de navios, e partir em missão “oficial”, para estabelecer uma feitoria comercial na cidade de Calecute, na Índia. Dizem os historiadores, que por acidente a frota de Cabral chegou ao litoral brasileiro, e logo depois foi rezada a primeira missa em nossas terras. Depois disso dois navios rumaram de volta à Portugal, com a famosa carta de Pero Vaz de Caminha e o restante dos navios retomaram o caminho em direção a Índias.


Tempos depois, de volta ao Brasil, descobriram que o Pau-Brasil era potencialmente comercial. Por ser enorme o valor comercial da tinta vermelha extraída da árvore Pau-Brasil, que era vendida em toda a Europa, resolveram homenagear as terras descobertas com o nome de Brasil.

fonte: http://pessoas.hsw.uol.com.br/descobrimento-do-brasil.htm

ACIVA - https://www.facebook.com/acivarj

quarta-feira, 22 de julho de 2015

A Arte e o Fim de um Império

O Império Romano nos deixou um legado artístico dos mais valiosos. São inúmeras as obras de arte e artesanato, que temos espalhadas pelos museus e pelos países europeus aonde o Império alcançou. Sua grande influencia se vê até hoje, no nosso vocabulário, nas leis, na politica, mas como esse grande Império despareceu?

Um dos principais fatores do desaparecimento do Império Romano teria sido a política corrupta que existia naquela época. Todos almejavam riqueza e poder. Dizem os historiadores que no fim do império, em pleno centro de Roma, quando no norte do império as hordas barbaras invadiam; os generais das legiões romanas, na Capital Romana, faziam um leilão, oferecendo cada um, o quanto podiam para se tornar imperador.

fonte da imagem: pt.wikipedia.org

Assista no vídeo o fim trágico do império Romano.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Surgem as Primeiras Ferramentas

As primeiras ferramentas surgiram praticamente com os primeiros homens, a cerca de 2,5 milhões de anos. No começo elas eram improvisadas, pegava-se um pequeno pedaço de galho e introduzia-o em um formigueiro, para conseguir esse tipo de alimento e com uma pedra rompia-se uma noz.


Durante as tempestades raios caiam em árvores e provocavam incêndios. Nesse primeiro momento o homem se aproveita da natureza, e utiliza o fogo para se aquecer. Depois nota que se bater uma pedra contra outra até chegar a forma desejada, fazia com que ela tomasse outra forma. Com esse processo e com seu poder de observação, o homem vê que uma pedra batida contra outra produz faíscas e assim produz o fogo, e passa a não mais contar só com os incêndios.

Com o uso do fogo ele pode manipular a madeira e outras matérias primas; e com isso facilitar a fabricação de outros tipos de ferramentas. Esse é um passo importantíssimo para o ser humano, mostra sua supremacia sobre as demais espécies e facilita o surgimento de outras tecnologias.

fonte: http://www.semar.com.br/historiaferramentas.htm

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Artes da Feira Hippie de Ipanema

O Blog Artes da Feira Hippie de Ipanema mostra trabalhos artesanais de primeira qualidade que são expostos na Feira Hippie de Ipanema - Pça General Osório - Todos os domingos de 8:00 as 20:00hs.

"Feirarte Ipanema
O começo foi em 1968, em plena ditadura militar. A Praça General Osório se tornou um ponto de encontro para artistas plásticos e artesãos. Uma das características mais marcantes são os hippies e mochileiros que vinham de diversas partes do Brasil e do mundo envolvidos com o movimento Hippie da época. No início, os expositores não tinham barracas, colocava-se um pano no chão e cada um colocava seus trabalhos de forma bem natural,na verdade era como se fosse uma grande família,todos se ajudando mutuamente. Com o passar dos anos a feira com seus pintores e artesãos e diversidade de trabalhos tornou-se conhecida internacionalmente, sendo visitada por turistas e apreciada por todos, ela confere um toque especial à Cidade Maravilhosa. Com certeza você vai encontrar trabalhos essencialmente artesanais e exclusivos, tendo como base um Brasil de diversidade de materiais e inspiração dos artesãos para confeccionar artigos que vão da simplicidade ao sofisticado agradando a todos."


segunda-feira, 6 de julho de 2015

Um Rio de Janeiro Diferente

Eu frequentei o Super Bruni 70 em Ipanema. Quem passou por lá comenta aqui.

Uma vez entrei para assistir um show dos Novos Baianos levando a guitarra do Pepeu Gomes, então não paguei a entrada.

Foto Luiz Pinto

Gostava também de ir até o Pier de Ipanema, olhar o mar e os primeiros surfistas deslizando pelas ondas. Ali nós nos esquecíamos da repressão, num território livre da ditadura militar, onde os grupos se misturavam, apenas curtir o que a natureza nos proporcionava, o belo mar de Ipanema. No ano de 1972 foi realizado ali o primeiro campeonato de surf brasileiro.

Foto do Blog Alma Surf.

Sem me esquecer de passar na Feira Hippie de Ipanema, que naquele ano fervilhava de turistas e admiradores do artesanato e das artes do povo brasileiro.

Na foto Ivan Artesão em 1972

Assistir o grupo Módulo Mil, abrindo o show da Gal Costa no Teatro da Praia, em Copacabana, em 1972, foi inesquecível. 
O Rio de Janeiro me parecia mais bonito e seguro naquela época, mas não era, havia muita repressão que o estado tentava esconder por baixo do tapete.


Essa postagem do Blog Portal Guitarra me fez lembrar desses momentos:
"No início dos anos 70 existiam poucos lugares onde as bandas se apresentavam. Dentre eles o cinema Super Bruni 70, que ficava na Visconde de Pirajá no final de Ipanema, próximo ao canal do Jardim de Alá. 
A única foto que consegui na net e que mostra a frente do cinema, é esta de Luiz Pinto.
Foi também no Bruni 70, como o chamavamos, que assisti pela primeira vez ao filme sobre o Festival de Woodstock. 
Até 1974 ou 75, este grande cinema também foi palco de shows de rock. Assisti entre outros, aos Novos Baianos, Mutantes da fase progressiva, O Terço, um festival onde tocaram várias bandas menos conhecidas...creio que a Barca do Sol também se apresentou neste dia."
http://portalfernandomedeiros.blogspot.com.br/2014/01/rock-em-cinemas-dos-anos-70.html

quarta-feira, 1 de julho de 2015

O Templo Egípicio de Abu Simbel

Abu Simbel é um local arqueológico, abrangendo dois templos imensos de pedra no Egito a 290 km de Assuão.


Obra de arte esculpida durante o reino do Faraó Ramsés I, no século 13 a.C. em homenagem a si próprio e à sua esposa preferida Nefertari.

Nos anos de 1960 a construção de uma barragem inundaria a região e consequentemente o monumento ficaria submerso, então a UNESCO cuidou do seu translado para um local mais alto.

 

Google+ Followers