quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Monteiro Lobato


José Bento Renato Monteiro Lobato, Paulista de Taubaté, mais conhecido como Monteiro Lobato, foi advogado, fazendeiro e adido cultural do Brasil nos EUA. Empreendeu luta incansável pela necessidade da exploração do petróleo em terras brasileiras e isso valeu-lhe a prisão e o exílio na Argentina. Mundialmente conhecido como escritor infantil, nasceu em 18 de abril de 1882. 

Não há no Brasil quem tenha superado Monteiro Lobato, como escritor de histórias infantis. No Sítio do Pica-pau Amarelo ele colocou personagens antológicos, como a boneca Emília, Narizinho e Pedrinho, Dona Benta, Tia Anastácia, Rabicó, o Visconde de Sabugosa, Tio Barnabé, o Saci-pererê, a Cuca, o Minotauro e muitos outros, misturando realidade e fantasia em doses sábias.


Fundou a Editora Monteiro Lobato & Cia, e segundo dizem publicava seus próprios livros, fez parceria com bancas de jornais para comercialização de suas publicações, algo inédito para época. Em 1921 distribuiu como doação cerca de 5oo exemplares de seu livro, "A Menina do Narizinho Arrebitado", para as escolas públicas.

Monteiro Lobato soube lidar com o universo mental da criança, empregando mitos do folclore mundial que convivem harmoniosamente com os mitos das histórias populares brasileiras.
Algumas histórias infantis: Reinações de Narizinho, Caçadas de Pedrinho e Hans Staden, Memórias de Emília e Peter Pan, Emília no País da Gramática, A Aritmética de Emília, O Poço do Visconde, Geografia de Dona Benta, Histórias de Tia Anastácia, O Minotauro, O Marquês de Rabicó

fonte parceria: www.livrosparatodos.net

0 comentários:

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.