domingo, 13 de janeiro de 2013

Os Jardins Suspensos da Babilônia


Lenda ou realidade? Teria mesmo existido os Jardins Suspensos da Babilônia? Ou é mera especulação. Das Sete Maravilhas do Mundo é a que menos temos informação.

Teria mesmo o Rei Nabucodonosor construído os jardins para sua mulher, Amytis? Amytis era uma princesa da Média. A lenda conta que Nabucodonosor teria construído os jardins para lembrá-la de sua terra natal.



Mas é estranho que Nabucodonosor, um monarca que registrou suas muitas realizações em escrita cuneiforme, uma forma antiga de escrita usada para manter registros oficiais, não mencionasse os jardins entre elas. 

Supostamente construído em 640 a. C. os Jardins não são mencionados em nenhum documento, tais documentos talvez tenham sido destruídos por seu sucessor. Muito da história antiga se perdeu em meio a disputas políticas. Às vezes inscrições em monumentos eram apagadas e o nome dos novos governantes era escrito por cima. 


Construídos em forma de degraus, os Jardins Suspensos eram formados por terraços e neles estavam plantadas árvores, flores tropicais e palmeiras. Um gigantesco canal de junco e pedras teria sido construído, para trazer água até os jardins. 

Nabucodonosor construiu também a Torre de Babel, com 250 m de altura e um canal de defesa ligando os rios Tigre e Eufrates, cercado por um muro em toda a sua extensão.

Um comentário:

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.