sexta-feira, 22 de março de 2013

Arte nas Imagens Poéticas


De Victor S. Gomez — em Santa Teresa - Rio de Janeiro - RJ.

Das imagens que formam palavras, coladas nas paredes, nas portas, formam também poemas, de vida, de pessoas, que ao olhar transformam essas mesmas imagens em novos poemas.


Imagens de ninfas surgidas dos lagos, riachos, bosques, florestas, prados, montanhas e que se enveredam por lugares onde arte e loucura se aproximam.


O tempo se apaga e antes as moças observadoras de suas janelas, agora não olham mais, pois deram lugar as plantas que surgem revelando o verde mais que necessário a nossa sobrevivência.


E que tal o brilho do trilho vazio, que antes traziam felizes todos que nele embarcavam, hoje surgem apenas como imagens de bondes fantasmas que vão e vem apenas em nossa lembrança.


Os riscos e rabiscos nos muros concretizam desejos e, necessidades poéticas de afirmação, vindas de uma sociedade esquecida, onde os novos grafites surgem a nossa frente trazendo com eles suas reivindicações e imagens, que parecem nos falar:
– Não nos esqueçam, nós também existimos!

0 comentários:

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.