quarta-feira, 17 de abril de 2013

A Arte da Metalurgia e o Avanço Tecnológico


O fim do período neolítico marcou a descoberta da Metalurgia. O homem sempre buscou o avanço tecnológico em sua existência, mas foi nos erros e acertos que ele conseguiu progredir. A técnica da cera perdida é baseada nessa metodologia. O molde era feito em cera, depois cobria-o com argila fina para formar um molde, que era aquecido para fundir a cera. Depois a cera derretida era tirada e jogava-se o metal derretido dentro do molde de argila; a seguir o molde era partido e o objeto estava pronto. Eram feitos pontas de lanças, de flechas, bijuterias, recipientes e vários outros objetos. Os metais eram usados para fazer produção em massa de instrumentos, que serviriam para a guerra e para o comércio.


Alguns tipos de metais eram usados, entre eles o ouro, prata, chumbo, etc. Esse processo tecnológico foi inventado, cerca de 4000 anos a. C.. No segundo milênio começaram a ser usados o ferro e o aço, mas 1000 anos após é que foram usados com mais frequência  Podemos também saber sobre a arte em cerâmica e a metalurgia, por objetos achados que datam dessa época; e por intermédio de textos encontrados, é possível ter ideia de como eram manufaturados a cerveja, o vidro, perfumes, o couro e outros.


Um comentário:

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.