quinta-feira, 26 de junho de 2014

O Homem e o Cobre

Há 10.000 anos antes de Cristo o homem fazia suas primeiras ferramentas de cobre. Um tipo de artesanato primitivo, mas que viria a influenciar todo o progresso tecnológico, daquele ponto em diante.


Ferramentas antigas

Esse período é chamado de  calcolítico, ou idade do cobre e dele temos poucos vestígios achados enterrados com artesãos, que com certeza os teriam fabricados.

O cobre nativo era conhecido por algumas das mais antigas civilizações que se tem notícia e tem sido utilizado pelo menos há dez mil anos - onde atualmente é o norte do Iraque foi encontrado um colar de cobre de 8.700 a.C. Porém, o descobrimento acidental do metal pode ter ocorrido a vários milênios.


Pedaço de cobre

Havia alguns argumentos de que o cobre seria o primeiro metal a ter sido obtido acidentalmente em fogueiras, mas isso parece improvável, uma vez que fogueiras não são quentes o suficiente para derreter minérios de cobre nem cobre metálico. Um caminho mais provável pode ter sido através dos fornos de cerâmica, inventados na Pérsia (Irã) por volta de 6000 a.C. Fornos de cerâmicas, além de, logicamente, produzirem cerâmica, também podiam derreter certos quartzos de diferentes cores para vitrificar e tornar vasos de cerâmica coloridos; acontece que a malaquita (um minério de cobre oxidado) é uma pedra verde colorida, e um oleiro que tentasse produzir algum vidro com malaquita acabaria obtendo cobre metálico. Assim pode ter iniciado a metalurgia do cobre.

Outra suposição, é que incêndios causados por raios podem ter derretido pedaços desse metal encontrados pelos homens daquele período, que depois de vê-los com outra forma tiveram a percepção de usar altas temperaturas para moldar objetos.

fonte:

0 comentários:

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.