quarta-feira, 30 de março de 2016

Em 2015 Victor S. Gomez lançou seu Segundo Livro


3º lugar no Prêmio Olho Vivo 2014, de Volta Redonda, região sul do Estado do Rio de Janeiro, com o livro "A Semente".

A semente surge de um tempo imemorial, de recantos escondidos da mente, de lugares onde nem sempre estivemos. Quem sabe até percorremos esses lugares, mas tantas são as lembranças, e de serem tantas, nem todas conseguimos nos lembrar.

Visões que podem ser apenas imagens holográficas, películas de um filme encostado no fim do universo. Que se repetem infinitamente, para a frente e para trás. Visões tão imensamente difíceis de imaginar, que nos deixamos levar nessa viagem fantástica, por lugares e caminhos que as vezes até escolhemos, mas nem sempre percebemos se são os certos.

A mente esquadrinha o espaço e o tempo, pode ser nessa vida, ou em outras, mas ao mesmo tempo em tantas outras. Sementes do medo, da incerteza, da alegria, do amor; de uma infinidade de sentimentos, que se estendem para sempre, num infinito de mundos, todos nossos, íntimos, mas ao mesmo tempo um imenso desconhecido. 


"Acho que a gente aprende sempre, estamos aqui para isso, nunca sabemos tudo. Alguma coisa se diferencia um pouco do primeiro (Universo Interior), para o segundo livro (A Semente), o crescimento faz parte do aprendizado, mas o emocional é o mesmo. Busco lá no fundo o que tenho dentro de mim, busco de maneira que as vezes me surpreendo mesmo, me emociono com o que escrevo, muitas vezes. Tento colocar para fora tudo que passei em minha vida, até as dores que senti, os bons e os maus momentos e me emociono com isso, sou assim, muito emocional. 






0 comentários:

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.