sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Pintor Timóteo Perez Rubio

O pintor Timóteo Perez Rubio que viveu em Valença RJ por cerca de 30 anos e era um grande amigo da família Pentagna, montou, aqui, uma fábrica de tijolos refratáveis que se localizava na Rua Getúlio Vargas com o nome de Keramic.

Timóteo Perez Rubio:
Nascimento: 24 de janeiro de 1896, Oliva de la Frontera, Espanha
Falecimento: 8 de agosto de 1977, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Cônjuge: Rosa Chacel (de 1921 a 1977)

Pintou inúmeros quadros de retratos da família Pentagna e, em Belo Horizonte, com o patrocínio do Dr. Lúcio Pentagna Guimarães, que forneceu recursos para restauração da Casa Lea Pentagna, também montou exposições.


Foi sepultado no Cemitério do Riachuelo e depois, teve seus restos mortais transladados para a Espanha, na Extremadura.

Atualmente é motivo de estudos na sua terra natal com o grande mérito de ter salvo um imenso patrimônio artístico cultural durante o governo de Franco. O patrimônio foi levado em comboios de caminhões e trens para Suíça e quando arrefeceu a guerra civil espanhola, retornou a Espanha, fazendo parte, hoje, do acervo dos Museus do Prado e Santa Sophia.


No seu Boletim Informativo nº 103, a Casa já fez grande referência a Timóteo Perez Rubio. Aqui ele viveu com o apelido de Timo.

Timo foi casado com a escritora espanhola Rosa Chacel.


O Presidente da Casa Lea Pentagna, Gilberto Monteiro e a Diretora de Eventos, Dilma Dantas Moreira Mazzeo,  já haviam feito contato com a Escola Nacional de Belas Artes com a finalidade de ser levantada a vida de Perez Rubio, no Brasil.

Também um livro – Êxodo Y Exílio del Arte “La Odissea del Museo del Prado durante la Guerra Civil”, de autoria de Arturo Colorado Castellary, foi importado pela direção da Casa Lea Pentagna.

http://muba.badajoz.es/pinturaperezrubio.html

Informações:
Rua Vito Pentagna, 213
Valença (Rio de Janeiro)
Tel: 024 2453-4178
E-mail: lea.pentagna@uol.com.br

Curta a página da Fundação Lea Pentagna
Compartilhe!

Visite nosso site: 
http://www.casaleapentagna.org.br/ — em Valença (Rio de Janeiro).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caso tenha gostado do que encontrou aqui, comente o artigo que acabou de ler.

Mais Visitados: